domingo, 20 de abril de 2014

Bom para nós, ruim para eles.

Olá galera! Mais uma vez desejamos uma feliz Páscoa! É no dia de hoje que ganhamos muitos chocolates, eles realmente são muito saborosos e grande parte da população mundial não resiste a um pedaço. Enquanto uns só engordam e outros são considerados afrodisíacos é sabido que para nossos cães o chocolate é muito perigoso. Devemos redobrar a atenção quanto aos chocolates que possam estar na cama, no sofá ou por algum descuido no chão, pois podem ser fatais para nossos cães.
A maioria dos donos não sabe que o chocolate pode significar a morte para os nossos amigos de quatro patas. Existe no chocolate um componente tóxico chamado teobromina, que apesar de ser facilmente metabolizado pelo organismo humano para os cães é um grande "veneno". Os cães não conseguem eliminar a teobromina rápido o suficiente e acabam intoxicados. Deixar que seu cão coma uma pequena quantidade de chocolate pode fazê-lo vomitar. Já em maiores quantidades podem causar tremores musculares, ataques cardíacos e hemorragias internas. Caso perceba essas alterações em seu cão o indicado é levá-lo rapidamente ao veterinário. Chocolates com alto teor de cacau em sua composição como chocolate preto e amargo são os que mais causam mal aos cães, pois estes contêm altos teores de teobromina. Quanto maior a quantidade ingerida mais danos poderá acarretar no animal e os cães de porte pequenos são os mais afetados.
Existem “chocolates caninos” que em sua composição possuem aroma de chocolate mas não possuem o componente tóxico para o cão, esses sim podem ser oferecidos sem nenhum problema. Isso é uma boa alternativa para satisfazer seu amigo principalmente nessa época onde os chocolates são inevitáveis sem por sua vida em risco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário